domingo, 11 de julho de 2010

Sindjor-MS elege nova diretoria para o triênio 2010-2013 (PASTORA SIMONE PAIM 1236)



Fonte: Da redação

Vanessa ocupa atualmente o cargo de vice-presidente da entidade
Eleição realizada na última semana por meio de urnas fixa e volantes, elegeu a nova diretoria do Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (Sindjor-MS), para o triênio 2010-2013. A jornalista Vanessa Amin é a nova presidente do Sindicato.
Somente uma chapa foi inscrita “Pela dignidade do jornalismo”, e eleita com 98,08% dos votos válidos. Não houve votos contra a chapa e nem em branco, mas apenas um voto nulo. O mandato da gestão vigente termina no próximo dia 28 de julho

sábado, 10 de julho de 2010

Campanha eleitoral já está na ruas (PASTORA SIMONE PAIM 1236)

Jacqueline Lopes e Éser Cáceres
Alessandra de Souza

Com a liberação oficial da campanha eleitoral no País, em Mato Grosso do Sul os candidatos já fazem o corpo-a-corpo. Comerciantes do Bairro Coronel Antonino receberam nesta manhã os candidatos da coligação Força do Povo encabeçada por Zeca do PT e Tatiana Azambuja (vice do PV), candidatos a Governo de Mato Grosso do Sul. Na Avenida Coronel Antonino, onde concentram-se oficinas mecânicas, houve receptividade e os candidatos não apenas pediram votos, mas ouviram reclamações e sugestões.
“É importante o corpo-a-corpo, ouvir o que os eleitores pensam”, disse a professora universitária, candidata à vice-governadora, Tatiana Ujacow. Junto com a suplente ao Senado, Gilda do PT, elas conversaram com os comerciantes e trabalhadores de um lado da avenida enquanto Zeca, percorria o lado oposto da via em ritmo acelerado. A caminhada durou cerca de 3 horas.
“Chega de ditadura”, dizia Zeca. O candidato conversou com os funcionários e microempresários, tomou café e criticou o atual governo.
Já Nei Braga, candidato do PSOL, faz campanha no município de Água Clara. Enquanto isso no Centro de Campo Grande, políticos da coligação Amor, Trabalho e Fé aguardam com cabos eleitorais e correligionários a chegada do candidato ao Governo André Puccinelli (PMDB).
A assessoria de André Puccinelli (PMDB), candidato à reeleição ao Governo, informou que ele teve que cancelar a participação na adesivagem da coligação que acontece na Avenida Afonso Pena, perto da Rua 14 de Julho, em Campo Grande. Ele reúne-se em vários locais, não divulgados, com o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) e políticos. A organização da campanha teria sido a razão dele não participar do primeiro ato na rua, mas conforme a assessoria o candidato considerou um sucesso a mobilização. A Justiça Eleitoral autorizou as caminhadas e carreatas.

DILMA                                 PRSIDENTE

ZECA                                   GOVERNADOR

DAGOBERTO                        SENADOR

DELCIDIO                             SENADOR

P. SIMONE PAIM                   DEPUTADA FEDERAL  1236

CORONEL PAIM                    DEPUTADO ESTADUAL 12777

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Propaganga eleitoral na internet tem regras próprias

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Senado aprova projeto que pune juízes envolvidos com irregularidades (PASTORA SIMONE PAIM CANDIDATA A DEP. FEDERAL 1236)

GABRIELA GUERREIRO
DE BRASÍLIA

O Senado aprovou nesta quarta-feira PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que determina a perda do cargo e suspensão da aposentadoria para os juízes e magistrados que adotarem postura incompatível com suas funções. Na prática, o projeto acaba com a brecha que concede aposentadoria compulsória para juízes e magistrados envolvidos em irregularidades.
Essa aposentadoria acabava virando férias. Isso era um prêmio, já que o sujeito era aposentado compulsoriamente e recebia salário o resto da vida", disse o senador Demóstenes Torres (DEM-GO), relator da proposta.
Nos casos de ações incompatíveis com o decoro, os juízes e magistrados também poderão ter que deixar suas funções desde que a decisão seja tomada por dois terços dos membros do tribunal ao qual estiverem veiculados.
Os magistrados envolvidos em irregularidades ainda ficam, pela proposta, proibidos de exercer outros cargos e funções no Judiciário, ou mesmo receber financeiramente pela sua participação em processos.
Demóstenes afirma que a mudança "não representa um atentado à independência do magistrado". "Se assim fosse, os mecanismos punitivos hoje existentes também o seriam."
A PEC muda a Constituição de 1988 ao restabelecer modelo no qual a demissão de juízes se torna a pena máxima aplicada administrativamente aos magistrados. A proposta segue para votação na Câmara dos Deputados.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Propaganda política está liberada a partir de hoje

Campo Grande News
João Carlos Rodrigues, da Agência Brasil

A partir de hoje, está aberta a temporada de propaganda política. Com isso, os partidos ficarão liberados para realizar comícios e usar amplificadores de som. Pelas regras eleitorais, há uma série de normas que devem ser respeitadas, como horários e locais de manifestações.

Daqui a três meses, os brasileiros vão às urnas para escolher o presidente da República, os governadores, senadores e os deputados federais e estaduais. Os eleitores também devem ficar atentos porque dia 25 deste mês acaba o prazo para que os títulos dos eleitores que requereram inscrição ou transferência estejam prontos.

Os partidos políticos poderão colocar, nas sedes das legendas, os amplificadores, auto-falantes e carros de som em funcionamento de 8h até as 22h. Também estão autorizados os comícios e o uso de aparelhos de som fixo no período de 8h às 24h.

Na quarta-feira (7) será o último dia para os candidatos – a governador, senador e deputado federal -, escolhidos em convenção, requererem os registros perante o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e os tribunais regionais eleitorais. Eles terão até as 19h para o encaminhamento de registros. Para os candidatos a presidente e vice-presidente da República, o prazo final é hoje, às 19h.

Na quinta-feira (8) inicia o período para que os tribunais eleitorais regionais convoquem os partidos políticos e a representação das emissoras de televisão para elaborem um plano de mídia para uso da parcela do horário eleitoral gratuito que as legendas têm direito.

Até o final deste mês, há uma série de prazos que devem ser cumpridos pelos partidos políticos, candidatos e também eleitores. Neste meio tempo, as legendas devem constituir os comitês financeiros e organizar os nomes das pessoas indicadas para compor as Juntas Eleitorais para o primeiro e o eventual segundo turnos de votação.

Os juízes eleitorais terão até o dia 30 para nomear o presidente, primeiro e segundo mesários, secretários e suplentes que vão compor as mesas receptoras dos votos nos dias das eleições – 3 de outubro (primeiro turno) e 31 de outubro (segundo turno).

No dia 31, o TSE poderá requisitar das emissoras de rádio e de televisão até 10 minutos diários - contínuos ou não, que poderão ser somados e usados em dias espaçados - para a divulgação de comunicados, boletins e instruções ao eleitorado.